Rodoanel Norte
Accessibility A+ A- C

Maior obra viária do país é destaque em revista de engenharia

Reportagem de 11 páginas mostra detalhes técnicos dos 7 túneis duplos e mais de 350 mil m² de obras de arte

A edição de fevereiro da revista "Fundações e Obras Geotécnicas", especializada em engenharia civil, traz ampla reportagem sobre os desafios de engenharia do Rodoanel Norte, empreendimento do Governo do Estado de São Paulo gerenciado pela DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A e desenvolvido em seis lotes nos municípios de São Paulo, Guarulhos e Arujá. O texto remete às características técnicas da grandiosa obra viária, considerada a maior do país em execução, além de apresentar um panorama geral sobre a importância de sua implantação.

O Rodoanel Norte também é a maior obra rodoviária financiada pelo BID. A rodovia terá 44 km de extensão e interligará os trechos Oeste e Leste do Rodoanel. Tem início na confluência com a Avenida Raimundo Pereira Magalhães, antiga estrada Campinas/São Paulo (SP-332), e termina na intersecção com a rodovia Presidente Dutra (BR-116). O trecho prevê acesso à rodovia Fernão Dias (BR-381), além de uma ligação exclusiva de 3,6 km para o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Com a abertura ao trânsito, prevista para começar em março de 2018, o tráfego de passagem, sobretudo o de caminhões, será distribuído e desviado para o entorno da Região Metropolitana de São Paulo, melhorando o fluxo nas marginais e, consequentemente, o trânsito dos veículos de transporte coletivo. Estima-se redução de 23% do VDM (volume diário médio) de caminhões na Marginal Tietê, o que representa uma diminuição de 18,3 mil caminhões por dia após a conclusão da obra.

Clique para acessar a reportagem na revista “Fundações e Obras Geotécnicas”.